segunda-feira, 18 de março de 2013

Men that hate women with a dragon tattoo

Raramente vou em modas literarias. Li, como quase toda a gente, O codigo Da Vinci e ja li varios livros de Paulo Coelho. Mas tirando um ou outro exemplo, raramente me deixo contagiar pela moda, pelo menos enquanto a febre esta no seu auge. Uma trilogia que sempre me pareceu um tanto diferente, e a trilogia Millennium. Falou-se muito sobre a qualidade dos livros, sobre a narrativa, escrita de forma brilhante, e falou-se da historia em si. Depois veio o filme. Talvez por, mentalmente, sempre ter enquadrado estes livros no genero "Policial", nunca lhes prestei muita atencao. Em boa verdade, nao sei de onde me veio esta idea pre-concebida de que se tratava de um policial. E uma historia que se debruca sobre uma crime, sim. E e uma historia envolta em misterio, sim. Mas dai a ser um policial, ainda vai um largo salto. Mas nestas coisas, ja se sabe como e. A editora, na tentativa de "pescar" mais clientela, adultera frequentemente o real sentido do livro (digo-o eu que trabalhei em edicao de livros numa das maiores casas editoriais portuguesas).

No entanto, recentemente, vinda nem eu sei de onde, fui ganhando alguma curiosidade sobre os livros. Ate que resolvi comprar o primeiro (e tambem o meu primeiro kindle book). A traducao do original para ingles resultou no titulo, The Girl With The Dragon Tattoo. Ja o titulo em portugues manteve-se fiel ao titulo sueco: Os Homens Que Odeiam As Mulheres. Independentemente da lingua pela qual se opte ler, a verdade e que estou absolutamente fascinada com o livro! E daqueles que facilmente nos agarram, em que ate dou por mim ansiosa pela (estupidificante) viagem de ida e volta do trabalho, pois e uma das alturas em que mais leio. Apesar de estar super curiosa para ver o filme, nao vou faze-lo ate acabar o livro, ate porque ja estou com vontade de tapar os olhos so por ver o personagem principal na figura do Daniel Craig. Seja como for, para quem como eu prefere nao-ficcao, este e um livro quase surpreendente pela sua capacidade de me deixar curiosa e ate ansiosa para prosseguir a leitura. Em suma: Altamente recomendado!




5 comentários:

b. disse...

Também estou a adorar o livro. Viciante no mínimo, apesar dos nomes meios esquisitos. E nem sabia que era uma trilogia e ainda por cima famosa. :)

Poisoned Apple disse...

Ai mulher, que tenho os 3 em casa há que tempos! Devo começar hoje o 1º :)

O filme é bom, bom, bom, estou doida para que saiam os restantes.

L. disse...

Não o li. Vi antes o filme e achei fascinante também :)

Anónimo disse...

Se me permite, veja o filme sueco. Eu adorei, adorei e pela 1ªvez fiz as coisas ao contrário, vi o filme e só depois li os livros. A protagonista no filme sueco é espectacular.

Patrícia

Eugénio disse...

Oi!

Nós acidentalmente compramos o DVD do filme sueco! E gostei bastante que assim tivesse sido. Dá um prazer diferente ver filmes que não em inglês, e como é o original, é um tributo merecido que seja visto.

(Não vi o filme em inglês, mas normalmente a indústria de Hollywood faz filmes com demasiada acção, com discursos demasiados directos.)