segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

É Natal!

Estamos em plena época natalícia. Multiplicam-se as luzes pela cidade. A Baixa e o Chiado fazem as minhas delícias e passear por esses lados nestes dias, bem agasalhada e com meia dúzia de castanhas na mão sabem-me pela vida! Infelizmente (ou não), pertenço a uma pequena fatia da população que prefere o comércio tradicional à bagunça dos grandes centros comerciais. Ainda no último fim-de-semana, dei por mim numa fila de meia hora que ia directamente para o estacionamento do Fórum Montijo. Eu entrei na fila por engano... É típico: 30 minutos na sala de espera de um consultório médico e é um valha-me-deus! Desata tudo a mandar vir com a recepcionista. Numa repartição de finanças ou na segurança social, nem se fala... Mas percorrer 100 metros a 0,01 Km/h para ir gastar o subsídio em meias para o tio e chocolates para a tia, já é outra conversa! E é por estas e por outras que de ano para ano se repetem as frases "O Natal é sinónimo de consumismo" ou "Isto é tudo uma grande hipocrisia". De facto, há alguma razão nestas afirmações. Contudo, ainda assim, gosto de acreditar que esta é uma época em que celebramos a vida, a família e os amigos! Já tenho dito que sinto o Natal assim, talvez porque tive natais felizes na infância. E com o avançar da idade, a magia deu lugar à oportunidade de estar com as pessoas de quem gosto. E este ano, há mais um motivo para sorrir: chama-se G. e devolve-nos a vontade de fazer da consoada e do dia 25 um dia muito especial!

Gosto da árvore, das luzes, das velas acesas, do calor cá dentro a contrastar com o frio lá fora. Gosto de rabanadas e dos presentes a enfeitar a árvore que o meu gato teima em comer. Gosto de ver a reacção de cada um ao abrir cada prenda. Gosto de postais de Natal e gosto de perder o dia em conversas no sofá.

Se já comprei alguma prenda? Nem uma... Mas não se preocupem. Todos encontrarão um embrulho no sapatinho!

Feliz Natal!

2 comentários:

Charmoso disse...

Se não compraste então mandas comprar!

:-)

bjs com charme

BUTTERFLIE disse...

Não é preciso ser natal para se dar uma prenda.., incondicionalmente tornou se uma tradição em o fazer..mas...basta uma pequena lembrança..visto termos mais 364 dias para oferecer seja o que for....
kiss