quinta-feira, 30 de maio de 2013

Há coisas fantásticas, não há?

E quando achamos que a realidade não consegue imitar a ficção, eis que a supera. Aqui


Questões éticas à parte, é sem dúvida, uma descoberta fascinante!


P.S. Nota-se que andei 'a cata de acentos, certo?

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Sobre a bola

O Chelsea e o meu clube vizinho. Os sportinguistas foram permanentemente massacrados pelos benfiquistas numa epoca em que, literalmente, nao contaram para o campeonato. Posto isto, podia lamentar. Mas nao lamento.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Food Revolution Day

Sempre apreciei moderadamente o acto de cozinhar. Gostava, mas nao adorava e de facto, durante o ultimo ano que vivi em Portugal (e que vivi sozinha), cozinhei menos do que gostaria. Mas ia-me entretendo, aprendendo ocasionalmente novas receitas e dicas e melhorando outras tantas. Com a vinda para Londres, tudo mudou. Cozinhar tornou-se imperativo! Ao contrario de Portugal, nao encontramos a cada esquina um cafe ou restaurante onde possamos comer comida caseira a precos aceitaveis. Lembro-me de gastar a volta €5 ou €6 por almoco. Em Londres, os almocos fazem-se de refeicoes rapidas, frequentemente desiquilibradas nutricionalmente e que para um estomago portugues estao longe de ser as ideais. E se e verdade que em Londres tambem conseguimos "almocar", verdade seja dita que nem sempre me apetece fazer turismo gastronomico (o mais normal por ca), ja para nao falar nos precos, que aniquilariam o meu ordenado em tres tempos... Assim sendo, cozinhar deixou de ser uma opcao e com ela, o meu gosto pela cozinha cresceu, talvez na ansia de replicar comida caseira e os sabores que me sao mais familiares. Dito isto, cozinhar faz parte da minha vida mas o mesmo nao e verdade para uma grande parte da populacao londrina e inglesa. E quem fala de Inglaterra fala de muitos outros paises. De facto, Portugal (ainda) e um pequeno paraiso, tambem nestas questoes. Temos uma gastronomia do mais variada que ha e da qual usufruimos com todo o prazer, e talvez por isso, cedendo menos aos caprichos economicos que nos impoem.

Toda esta ladainha para dizer, que em alguns paises tornou-se essencial educar as populacoes no que toca a cozinha e alimentacao e se ha alguem que tem feito enumeros esforcos e reunido condicoes para tal, e Jamie Oliver. Ha muito que gosto dele. Gosto do que cozinha, gosto como cozinha e gosto sobretudo que nao se limite a ensinar a fazer o prato X ou Y. Ensina-nos dicas, formas mais rapidas e eficazes de de fazer isto ou aquilo e para alem disso tem sido tambem "O" patrono da boa alimentacao.  Esta Ted Talk e disso exemplo. Mais recentemente criou o Food Revolution Day que pretende mobilizar pessoas de todo o mundo, mostrando que cozinhar e nao so mais divertido, como mais saudavel. Existem centenas de eventos por todo o mundo e qualquer pessoa pode criar o seu proprio evento, seja em casa, no trabalho ou para a comunidade onde vive. Toda a informacao sobre como participar pode ser encontrada no site que deixo mais abaixo. Pela minha parte, dado ser um dia de semana, nao me deixa grande margem mas ainda assim tentarei participar. Num pais e numa sociedade cada vez mais obesa e com problemas de saude que derivam de uma alimentacao altamente desiquilibrada, nunca e demais lembrar que cozinhar pode ser divertido e comer comidinha da boa e melhor ainda!





Food Revolution Day
17 de Maio


sábado, 4 de maio de 2013

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Verao, aqui vou eu!

Mal posso esperar por uns dias de Verao em Portugal. Verao a seria, com calor a seria, praia, areia nos pes, sol na tromba e no corpinho, mar, cheiro a protector e bronzeador, esplanadas, sardinhas e caracois. E finalmente, apos longos meses de "discussao", chegamos a acordo quanto as datas. As passagens estao marcadas e dada a pouca antecedencia, ate nao foram assim tao caras. Verao portugues, me aguarde!