terça-feira, 17 de junho de 2008

Simpatias

Até poderia estar a falar daquelas simpatias brasileiras. Aqueles "truques" que se usam para conquistar alguém, para fazer alguém sentir a nossa falta. Mas embora pareça isso, juro, juro que não foi! Eis o que aconteceu:

Ontem fui tomar um café com a minha amiga R. Seria um café normalzinho, não fosse a simpatia desmesurada do dono do café. É certo que dá gosto quando somos atendidos com um sorriso e uma palavrinha simpática, mas o senhor passou-se! O dito café, situado numa zona dos arredores de Lisboa, recebeu algumas vezes a nossa ilustre visita. Era daqueles a que começámos a ir quando saiu a malfadada lei do tabaco e o nosso gosto pela poluição nos impelia a procurar um local onde fosse possível fumar. Entretanto, e graças a todos os santinhos, lá começaram a abrir novos espaços dedicados a fumadores e passámos a frequentar outros locais. Ontem, por razões de ordem logística desses outros locais, tivemos de regressar à base, àquele que primeiro nos acolheu quando todos os outros nos escorraçaram. E não é que o senhor sentiu saudades nossas? É verdade. Passou de um "Boa noite, o que vão querer?" para um "Há muito que não vinham cá! Então e por onde têm andado? Vai uma bebidinha? E já agora, onde moram? Já sentia a vossa falta! Tomem lá um licor beirão para se animarem! E na Quinta-feira, onde vão ver o jogo? Venham cá, vamos ter moelas, caracóis, cervejinha e outros petiscos. Ah, e eu sou o Tó Zé!" Eu a R. olhávamos uma para a outra a pensar "O que é isto?", "O que se passa???". Na verdade, o Tó Zé ainda sentiu mais saudades da R. Tenho para mim que mais uma semanita e o homem fechava o café com tamanha tristeza que lhe cabia no coração!


Eu gosto muito de gente simpática, mas isto foi uma coisa desmedida. O que lhe terá passado pela cabeça? Será que nos confundiu com alguém? Enfim... é um mistério. Contudo, parece-me que não o vamos desvendar.


E se um desconhecido lhe oferecer um licor beirão? Isso é... estranhinho?

quinta-feira, 12 de junho de 2008

quarta-feira, 4 de junho de 2008


Não é porque o Verão está à porta (já não chegaria a tempo), mas iniciei ontem os meus treinos no ginásio. Fiz a minha primeira aula de Yoga... E estou toda partidinha!

Resta agora não perder a motivação pelo caminho. Quem me faz companhia?